Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

20046068_1782444375118884_1707520910_n
No comando: Radiolabilly Show com DJ Giuliano Juks Jive

Das 20:00 as 21:00

programa-rock-a-bop-dj-cris-ribeiro-radioabilly
No comando: Rock a Bop with DJ Cris Ribeiro

Das 21:00 as 22:00

tom-ingram
No comando: Tom Ingram Show

Das 13:00 as 15:00

dj-gerd
No comando: The FullMoonShow Rockabilly with DJ Gerd

Das 15:00 as 17:00

dj-rambling-hoss-radioabilly
No comando: Rhythm Express Radio Show With DJ Rambling Hoss

Das 16:00 as 17:00

dj-mario-venton-radioabilly
No comando: Shotgun Boogie Show With DJ Mario Venton

Das 17:00 as 18:00

dj-mouse-zinn-radioabilly
No comando: The Room with DJ Mouse Zinn

Das 17:00 as 18:00

otto-fuchs-radioabilly
No comando: The El Rocko Show With DJ Otto Fuchs

Das 18:00 as 19:00

18308677_1699206406776015_400829928_n
No comando: Bombs Away R&R Show com DJ Wayne Radley

Das 18:00 as 20:00

fast-n-load-radio-show-djs-konstantinos-and-athur
No comando: FAST AND LOUD Radio Show With Konstantinos and Arthur

Das 20:00 as 21:00

sun-sational-show-rnb
No comando: Rockabilly N Blues Radio Hour com Jammin’James Riley

Das 20:00 as 21:00

red-hot-rb010
No comando: Red Hot Rhythm’ & Blues With DJ Alex Valenzi

Das 20:00 as 22:00

lets-play-elvis-dj-del-wendel-radioabilly
No comando: Let’s Play Elvis With DJ Del Wendel

Das 21:00 as 23:59

The Jets para Radioabilly

Compartilhe:
the-jets-2

The Jets para Radioabilly

 

 

A Radioabilly teve o prazer de conversar com a banda The Jets, que está na estrada há 40 anos, se apresentando nos maiores festivais do mundo, em programas de TV e fazendo o melhor show ao redor mundo.

 Na entrevista Bob nos conta sobre o começo da carreira, das dificuldades que enfrentaram, dos shows enfim, tudo que nós fãs queremos saber.

Tivemos a sorte de ver o show deles no Viva Las Vegas 2016. Que Show!!!!

Não podíamos deixar de registrar esse momento!

 

 Se a Radioabilly já era fã desse Trio, depois dessa entrevista nos tornamos fanáticos.

 

 

 Entrevista

 

(Radioabilly)  Três irmãos cantando em mais de 30 anos, conte-nos como tudo começou.

(The Jets) Em 1974, eu (Bob), estava na escola com meu irmão Ray e dois amigos chamados Andy e Dave. Nós pertencíamos há uma organização juvenil chamada The Boys Brigade. No Final do ano, todos tinham que contribuir a noite de estreia, então decidimos montar  uma banda Rock N Roll para tocar  algumas músicas. Nós chamamos esta banda de BRAD, as iniciais de nossos nomes.  Tony juntou-se em 1978, como um membro de tempo integral e, em seguida mudamos o nome de nossa banda para THE JETS, como uma banda de três componentes, também mudamos os instrumentos que  tocávamos.

(Radioabilly)  Sobre as influências musicais. Quais foram no inicio e quais as influencias atuais.

(The Jets) No inicio só tínhamos um LP em Vinil gravado, chamado “25 Rocki’n Rollin’ Hits. Nós aprendemos a tocar: Bonie Maronie, Shake Rattle and Roll, Wipe Out, Blue Suedes Shoes e alguns clássicos dos anos 50. Agora nossas influências variam de Johnny Burnette, Elvis Presley, The Five Satins, Eddy Cochran, Big Joe Turner, Del Vikings, Mellow Kings, Mac Curtis, Curtis Gordon e muitos outros artistas do Rockabilly, R&B e Doo Wop.

(Radioabilly) Qual foi a maior dificuldade que tiveram no inicio da carreira e a maior dificuldade encontrada nos dias atuais?

(The Jets) Nos primeiros dias, o equipamento não era tão bom como é agora e nós não tínhamos dinheiro para comprar de qualquer maneira. Costumávamos fazer um cavalete de madeira para o microfone e cantávamos  através de um velho gravador de fita, dessa forma ele costumava a ampliar um pouco o canto. Nós tínhamos uma única guitarra elétrica. Também você só tinha discos de vinil para ouvir, então para aprender a tocar e pegar as letras das músicas, nós usamos para retardar o aúdio colocávamos moedas em cima do vinil para diminuir a rotação. Agora a banda tem grandes equipamentos com  sistemas de som para ouvir e aprender canções facilmente, mesmo observando os artistas tocar em sites como Youtube etc. Há dispositivos de gravação que grava e em seguida desacelera  e mantém os mesmos sons para os músicos de hoje que podem aprender os riffs… nós nunca tivemos nada disso!!!

(Radioabilly)  No cenário mundial em relação a cena vintage, qual a sua visão sobre isso e qual a expectativa?

(The Jets) Nós tivemos muita sorte,  que tocamos ao redor do mundo ao lado de diferentes gêneros da música e tivemos de nos apresentar em multidões que provavelmente não gostavam do estilo Rockabilly dos anos 50…. Nós tocamos tão quanto pudemos e esperançosamente depois de nos ouvir, eles pudessem se tornar fãs da música dos The Jets. Na cena vintage tocamos em quase todos os festivais de Rockabilly que você possa pensar : Screamin’, Viva Las Vegas, Brazil, Rockabilly Rave, The Rythym Riot, Senagallia, muito e muito mais. Eu acredito que enquanto os mais jovens continuarem ouvindo a música e vindo para a cena, então espero que a cena vintage estará mais forte e por muitos anos.

(Radioabilly)   Além da música em comum, há outras atividades que praticam juntos?

(The Jets) Sim, Ray gosta de motocross, como também gosta de gravar música. Tony também tem uma moto de motocross e vai a academia. Eu (Bob) gosto de jogar futebol e alfaiataria para fazer roupas e nós três amamos esquiar na neve durante o inverno.

(Radioabilly) De todas as músicas que fizeram juntos, qual a música que marcou um momento especial em sua carreira?

(The Jets) Quando começamos como BRAD, gravamos um single em vinil. Ray escreveu “James Dean” e eu escrevi o outro lado, “Rockabilly Baby”. Esse foi o nosso primeiro single como uma gravadora própria. Depois disso, “Yes Tonight Josephine” e também “Love Makes The World Go Around”, tornou-se o maior hit gravado em todo o mundo nas paradas Pop.

 

 

(Radioabilly) Qual a fonte da sua inspiração para as letras?

(The Jets) Pode ser várias. Ray escreve um monte palavras inteligentes, eu tendo a escrever sobre carros,  meninas, bebidas e rock n roll.

(Radioabilly) O que podemos esperar para 2017/2018?

(The Jets) Que The Jets ainda estejam tocando em muitos países diferentes ao redor do mundo. Gostaríamos de voltar ao Brasil, talvez um dia???? Também estamos trabalhando em um novo CD, que será lançado 2017.

(Radioabilly) Vocês tocaram em vários festivais pelo mundo. Qual foi o momento mais marcante que aconteceu neles?

(The Jets) Viva Las Vegas foi definitivamente o maior festival Rockin que tocamos, porque é o maior do mundo!!

(Radioabilly) Em 2015 vocês vieram ao Brasil.  Conte – nos sobre a vinda de vocês?

(The Jets) Tivemos um concerto muito agradável em São Paulo organizado por Anderson Napoles e Larissa Montagner, proprietários do Rockerama Club. Foi uma honra para nós ir ao Brasil, esperamos voltar em breve… quem sabe???

(Radioabilly)  Qual a maior diferença que vocês veem entre os públicos: Brasil, USA e Europa?

(The Jets) Acho que os fãs fora do Reino Unido, no Brasil e na Europa, são um pouco mais abertos a diferentes estilos do Rockabilly e não são apenas dos anos 50 “Time warp”, nos Estado Unidos eles vem um estilo um pouco mais modernos do Rockabilly, que é também ótimo porque  faz toda cena crescer.

(Radioabilly) Como foi para vocês encontrarem tantas pessoas que amam seu trabalho aqui no Brasil?

(The Jets) Foi muito bom ver todos e conhecer os fãs brasileiros depois do Show, todos foram muito simpáticos conosco.

(Radioabilly) Como foi o sentimento de estar no palco do Viva Las Vegas?

(The Jets) VLV, como eu disse anteriormente é o maior Show Rockabilly no mundo, então para nós sermos solicitado a tocar, não apenas um show, mas para tocar em 2 shows em uma semana, no Car Show e depois novamente no Mail Hall foi muito bom para nós. Fizemos um monte de novos amigos e fãs no mundo todo.

 

 

 

Contato The Jets:

Facebook: https://www.facebook.com/thejetsuk/

Website: http://www.thejets.co.uk

Email: info@thejets.co.uk

Phone: +44 (0)1604 752800

 


apresentacao-patricia-queiroz-blog-radioabilly

Patricia Bueno Queiróz,  formada em engenharia de produção. É sócia-proprietária da web rádio Radioabilly, amante da boa música, juntou essa paixão com o universo dos anos 40 aos 60, fazendo uma ponte entre músicos, DJs e o mundo. Além de mãe e esposa, gosta de desafios e transforma o impossível em possibilidades.

Deixe seu comentário:

Translate

Facebook

http://www.marybettie.com/

Announce Here!

Últimas do blog

  • lets-dance-radioabilly-blog

    Let’s Dance

    Let’s Dance Let’s Dance? Whatever the rhythm, dance always brings an unquenchable pleasure. So, let’s enjoy dancing in the parties around the world. * Sydney Swing Katz * Slow Grooves Wednesday   *... Leia mais

    Em 24/06/2018
  • rockabilly-around-the-world-radioabilly

    Bands Rockabilly Around the World

      Bands Rockabilly Around the World There are new Rockabilly bands around the world like Japan, Brazil, Indonesia and many other countries. Many of them are completely unknown to the public. For this reason, we are... Leia mais

    Em 24/06/2018
  • jittery-jack2-1-681x445

    Jittery Jack para a Radioabilly

    Jittery Jack para a Radioabilly Jittery Jack traz sua explosão de East Coast ao mundo do Rockabilly e Rock ‘n’ Roll inspirado nos anos 50. Ele tem se apresentado no festival Viva Las Vegas várias vezes, e... Leia mais

    Em 11/08/2017